Servicos Mercados Produtos Newsletter Empresa Contato Noticias Home  
 
 

Bombas de Bronze Alumínio e Tubulações de Fibra de Vidro para FPSO da Petrobrás

Em junho de 2012, Nash Brasil recebeu um grande pedido da Veolia Westgarth para um Sistema a Vácuo Duplex com um ejetor a ar, duas bombas de vácuo de anel líquido Vectra XL350, tubulação e instrumentação relacionada. As bombas a vácuo e o ejetor foram fabricados em Bronze Alumínio e as tubulações foram fabricadas em Fibra de Vidro Reforçada por Epóxi.

Este foi o primeiro sistema de vácuo fornecido com bombas fabricadas em Bronze Alumínio. O mesmo será utilizado em um sistema de desaeração em uma FPSO da Petrobrás chamada “Cidade Ilhabela”, localizada no litoral de São Paulo.

Este projeto começou em Julho de 2011, quando a Nash Brasil foi convidada a apresentar uma proposta para a Veolia. O objetivo era desenvolver fornecedores locais a fim de aumentar o percentual de equipamentos produzidos nacionalmente nas plataformas da Petrobrás.

Aceitamos o desafio e começamos o processo de avaliação e desenvolvimento de fornecedores locais para os fundidos, tubulações de fibra de vidro e outros itens. Neste estágio, também trabalhamos com o departamento de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) da Nash dos Estados Unidos para determinar os ajustes necessários para a fabricação das bombas de vácuo em Bronze Alumínio.

Após o desenvolvimento de fornecedores locais e a definição das condições de fabricação para as bombas a vácuo e acessórios, as equipes da Nash no Brasil e em Bentleyville especificaram e projetaram um sistema a vácuo composto por duas bombas Vectra XL350 e um ejetor.

Em Fevereiro de 2012, apresentamos nossa primeira proposta para a Veolia. Após uma série de modificações técnicas e negociações comerciais, a Nash ganhou o pedido. Recebemos o primeiro pedido de compra em Junho de 2012, com data de entrega para Janeiro de 2013.

Recebemos uma mensagem de agradecimento da Veolia:

"Gostaria de expressar minha alegria e gratidão pelo empenho da equipe NASH, realmente foi uma experiência e um aprendizado de extrema importância para mim, espero termos em um futuro breve mais equipamentos para trabalharmos juntos na valorização das marcas VWS e NASH.”

 Victor Almeida Supervisor de Materiais/Equipamento Veolia - RJ

Esse sistema foi o primeiro trabalho da Nash para este tipo de aplicação que utilizou materiais especiais. Foram onze meses desde o recebimento do pedido de compra até a entrega do equipamento. A participação das equipes de engenharia de aplicação e de projeto foram especialmente importantes, realizando cálculos e desenvolvendo os desenhos em 3D com os softwares Auto CAD e Inventor. A participação das equipes de engenharia e da qualidade também foram importantes para garantir os padrões de fabricação dos fornecedores que foram qualificados pela Veolia, SBM e Petrobrás.

Como se tratava de um novo e complexo projeto a ser instalado em uma FPSO, a interação e a cooperação entre Nash Brasil e o nosso cliente foi constante e muito importante. Durante o projeto, desenvolvemos uma grande parceria com o cliente. Tivemos várias reuniões envolvendo todos os departamentos tanto na Nash quanto nos fornecedores e na Veolia. Estes esforços conjuntos levaram a um ótimo resultado e entregamos todos os equipamentos dentro dos requisitos de fabricação.

Mesmo que se trate de um projeto novo e complexo, o trabalho árduo foi recompensado. Recebemos pedidos para mais três sistemas de desaeração para FPSO Tupi 6 e 7.

 
 

 

Gardner Denver Nash Brasil Indústria e Comércio de Bombas Ltda.
Av. Mercedes Benz, 700 - Distrito Industrial - Campinas - 13054-750 - SP - Brasil
Tel.: +55 (19) 3765-8000 - Fax.: +55 (19) 3765-8001