Servicos Mercados Produtos Newsletter Empresa Contato Noticias Home  
 
 

Dica de Manutenção: Trocadores de Calor - Verificação da temperatura

Por Ron Hellekson , Técnico de Serviço da Nash

Um trocador de calor é um dispositivo no qual o fluxo de dois fluidos são separados por uma parede sólida , permitindo a passagem de calor a partir do fluido quente para o frio . Os equipamentos Nash são usados em trocadores de calor tubulares, de placas e de casco. Os trocadores tubulares e de casco fazem a troca de calor através de tubos e os de placas fazem a troca através de placas de maneira muito similar ao radiador de um carro.

Sempre que algum cliente encontra problemas de performance em processos com trocador de calor, o primeiro passo é começar a trabalhar com um questionário padrão para avaliar a temperatura do processo. 

Existem três " indicadores" básicos: 2,5 ° F , 5 º F e 10 ° F. Isto significa que, quando tudo está a funcionando corretamente , a leitura de temperatura de água de selagem que vai para a bomba "C" tem que estar a 2,5 , 5 ou 10 graus °F de diferença da água de resfriamento que entra em "A " .

  A - Água de Resfriamento no Trocador - entrada
  B - Água de Resfriamento do trocador - saída
  C - Água de selo na bomba - entrada
  D - Água de selo no Separador - saída
  E - Ar ou gás na entrada da bomba / compressor  
  

 

Uma bomba de simples estágio terá um "indicador" de 5 ° F ou 10 ° F no trocador de calor, enquanto que uma bomba de dois estágios de vácuo terá 2,5 ° F ou 5 ° F " para que a bomba possa funcionar na menor temperatura possível . Isto é especialmente importante quando o tempo está quente. Compressores têm, geralmente, "indicadores" de 10 ° F no trocadores de calor , pois a temperatura da água não é afetada tanto quanto é com pressão a vácuo . Água em alta temperatura pode afetar a pressão do vapor e o nível de vácuo.

Todas as temperaturas devem ser registradas no questionário sempre que o mesmo for realizado. Sempre registre também a data , pois como todos nós sabemos, as temperaturas mudam de acordo com as estações do ano e você não pode comparar as leituras de janeiro e agosto sem estar ciente do clima de cada estação. Quase todos os trocadores de calor funcionam em temperaturas mais altas no verão , pois a água de resfriamento é mais quente. Há exceções , como quando um cliente usa água gelada.

A seguir está um exemplo de uma boa leitura com "indicador" em 2,5°F em um trocador de calor:

A 70 ° F
B 72-73 ° F
C 73 ° F
D 85-87 ° F
E 80-95 ° F

Uma diferença entre 2,5 ° F e 10 °F é o tamanho do trocador de calor e o fluxo de água de refrigeração , especialmente em trocadores de calor tubulares. Note que um trocador em 10 ° F , a leitura " B " é 10 ° F superior e , assim, nos dá um "indicador " superior em " C " . Assim , neste exemplo , " C" teria 10 ° F a mais do que " A" .

• Se você tem um fluxo grande de água de "A" para "B" , ele vai perder calor com a água de resfriamento e não terá muito diferencial. Se houver um fluxo pequeno de água de resfriamento, " B " terá uma temperatura mais elevada e quanto menor o fluxo de água , maior será a temperatura . Isto irá aumentar a temperatura da água de selagem em "C ".

• Se não existir qualquer diferença entre "A" , "B" e "C" , mas "D" estiver quente , o problema mais provável é a falta de transferência de calor devido ao acúmulo de cálcio na tubulação. Um acumulo de cálcio entre 0,010-0,015 funciona como isolador para a transferência de calor. A água mais limpa deve estar passando pelo casco e a água suja através dos tubos , porque os tubos são mais fáceis de limpar.

• Se você tem uma mudança de temperatura elevada de " C " para " D" , o filtro ou orifício podem estar bloqueados. Suspeite disso sempre que tiver uma diferença de temperatura entre "C" e "D " de 20 ° F ou mais.

• A Temperatura "E" deve ser registrada no caso de a temperatura de sucção estar quente o suficiente para afetar o desempenho da bomba e das outras leituras.

 

 
 

 

Gardner Denver Nash Brasil Indústria e Comércio de Bombas Ltda.
Av. Mercedes Benz, 700 - Distrito Industrial - Campinas - 13054-750 - SP - Brasil
Tel.: +55 (19) 3765-8000 - Fax.: +55 (19) 3765-8001